Polícias da Patrulha Rural da 2° Cia de Palmas, sul do Paraná, conduziram três pessoas por posse irregular de arma de fogo, após denuncia de caça ilegal em uma propriedade particular no interior do município. Após a denúncia a equipe abordou a um veículo Fiat/Elba de cor cinza, tendo como ocupantes dois homens, sendo o seu condutor de 40 anos, não habilitado, e o passageiro de 51 anos.

Em revista ao interior do automóvel, foram localizadas duas facas e um facão sujo de sangue uma gaiola de madeira e dois cachorros com sinais de maus tratos. Os ocupantes do referido veículo, quando indagados sobre os fatos, afirmaram que haviam abatido um animal e o abandonado em um matagal e que utilizaram-se de uma arma pertencente ao condutor do automóvel, a qual estava guardada na residência de um amigo, no bairro Serrinha.

Foto: Alencar Pereira
  • Compartilhe no Facebook

Foto: Alencar Pereira

Na fazenda indicada pelo condutor, foi encontrado parte do corpo do animal abatido com sinais de perfurações provocado por arma de fogo. Em revista ao interior da residência suspeita de estar o armamento, foi localizada uma espingarda calibre. 36, marca Rossi, cinco munições do mesmo calibre intactas. Nas respectivas residências dos ocupantes do veículo Elba, a equipe policial localizou um estojo de calibre .12, um estojo de calibre .28 e quatro estojos de calibre .36, todos deflagrados. Ainda, foram encontrados duas cartucheiras de couro, um tubo de chumbo e quatorze estojos vazios de calibre .28.

Os três indivíduos, juntamente com o material, o armamento e animais apreendidos, foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Palmas para a realização de demais procedimentos cabíveis ao fato.