Por Evandro Artuzi

 

Dirigentes da BR Foods e membros da comissão formada pelos avicultores do Sudoeste estiveram reunidos ontem, conforme havia sido decidido na mobilização de segunda-feira (10/10), para discutir as reivindicações da classe.

A reunião, inicialmente marcada para às 14h, foi antecipada para as 10h da manhã e aconteceu em Pato Branco, mediada pelo Bispo da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, Dom José Antonio Peruzzo.

No encontro a BR Foods havia se comprometido em apresentar propostas concretas que viessem de encontro com as reivindicações apresentadas pelos avicultores sudoestinos.

Uma delas era a redução no prazo estabelecido para o pagamento dos frangos. Os avicultores exigiam o retorno de 15 para 04 dias após o carregamento, entretanto na reunião ficou acordado que o pagamento será feito com prazo de 10 dias.

Também se discutiu o aumento pago por frango. Ficou decidido que um aumento será repassado aos avicultores de forma gradativa, ou seja, em três parcelas de dois por cento cada. Segundo um dos integrantes da comissão, padre Deoclésio Viginevski, esse aumento será pago em novembro, dezembro de 2011 e no mês de maio de 2012.

Outro ponto amplamente discutido entre BR Foods e comissão foi os investimentos constantes exigidos pela empresa junto aos avicultores. Muitos reclamam que não conseguem obter lucros devido aos investimentos excessivos. Conforme o padre Deoclésio, a empresa também garantiu que vai rever essa e outras situações que envolvem as finanças dos avicultores.

Padre Deoclésio Viginevski concedeu entrevista à Onda Sul FM, de Francisco Beltrão, e explicou as decisões tomadas na reunião. O religioso que encampou a luta em favor dos avicultores garantiu que, mesmo com essa negociação, a luta continua. “Vamos continuar acompanhando a BR foods para evitar qualquer novo prejuízo aos nossos avicultores”, frisou.

OUÇA