O Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (Woccu) promoveu, de 27 a 30 de julho, em Gold Coast, na Austrália, mais uma edição da Conferência Mundial das Cooperativas de Crédito. O primeiro dia de atividades foi marcante para o cooperativismo de crédito brasileiro, já que, pela primeira vez, um cidadão do País foi nomeado secretário geral da entidade.

Trata-se de Manfred Alfonso Dasenbrock, presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ e da holding Sicredi Participaçôes S.A., que já era um dos conselheiros do Woccu desde 2009. “É um grande orgulho para o Sicredi ocupar o cargo. Isso demonstra a importância do Brasil no cenário mundial e comprova que estamos no caminho certo”, destaca.

Ele adianta que o principal objetivo do WOCCU continuará sendo o fortalecimento e a expansão das cooperativas de crédito em todo o globo. Nos últimos anos, o Conselho Mundial implementou mais de 290 programas de assistência técnica em 71 países. Ao todo, participam da entidade 57 mil cooperativas de crédito de 103 países, que atendem 208 milhões de pessoas.

Conferência Mundial

A proposta da Conferência Mundial das Cooperativas de Crédito é incentivar o intercâmbio de informações, o aprendizado colaborativo e expor as melhores práticas mundiais para reforçar e renovar o movimento das cooperativas de crédito. Neste ano, a delegação do Sicredi contou com 81 integrantes, entre eles, dirigentes, executivos e colaboradores. Além da participação na conferência do Woccu, a comitiva do Sicredi visitou cooperativas australianas com o intuito de trocar informações e conhecer a forma de atuação delas.

No evento, Dasenbrock foi debatedor no painel sobre as formas de agregação de valor aos associados das cooperativas. No painel, o coordenador de Produtos de Investimento do Banco Cooperativo Sicredi, Felipe Azevedo, apresentou o crescimento do número de associados no Brasil. Já o diretor de TI e Operações da Confederação Sicredi, Paulino Rodrigues, fez palestra sobre o compartilhamento de back office e marca única.

O World Council’s Young Credit Union People Program (Wycup), programa dos jovens cooperativistas que ocorre durante a conferência, contará com a participação de oito colaboradores do Sicredi. A iniciativa do Woccu reconhece o trabalho de jovens com até 35 anos de idade, que contribuíram significativamente com sua própria cooperativa de crédito ou com o cooperativismo de crédito como um todo. Os projetos apresentados concorrem entre si e são avaliados pelos conselheiros do Woccu. Dessa disputa saem cinco vencedores, cujo prêmio é a participação no evento do ano seguinte, em um país diferente, com todas as despesas pagas.

Nas edições de 2012 e 2013, o Sicredi foi premiado com os projetos de inclusão financeira dos cortadores de cana da Coopcana, promovido pela cooperativa Sicredi União PR, e com o projeto Cooperar e Crescer, da Sicredi Noroeste MT.