por Ivan Cezar Fochzato

 

Durante as festas de Natal e Ano-Novo o consumo e a geração de resíduos aumentam em até quatro vezes. A coleta dos materiais recicláveis proporciona a renda da famílias, que pode aumentar bastante se a reciclagem domiciliar for feita de maneira correta.

 

De acordo com o Programa Desperdício Zero  uma das ações mais importantes é separar os resíduos secos dos resíduos molhados. Os resíduos orgânicos como, por exemplo, restos de alimentos nunca devem ser dispostos na mesma lixeira onde estão latas, plásticos e papelão. Este tipo de material deve ser previamente separado e limpo pela população para que possam ser comercializados com um bom valor de mercado pelos coletores.

 

Materiais como plástico, papel, papelão, latas, caixas e garrafas devem ser colocados para a coleta seletiva em sacos separados, se possível. Nos municípios onde existem cooperativas de coletores, a prefeitura encaminha o material reciclado diretamente para estes locais ou, no caso de materiais não-reaproveitáveis, eles são enviados para o aterro sanitário para o descarte correto, evitando a poluição do meio ambiente.

Veja a seguir o que é possível fazer para consumir com maior consciência ambiental e ter uma vida mais sustentável durante as festas de final de ano.

– Ao comprar, preferir artigos sustentáveis e com o menor número de embalagens.

– Dê preferência às marcas e lojas preocupadas com as questões ambientais.

– Rejeite as sacolas plásticas oferecidas pelos estabelecimentos.

– Leve sua própria sacola quando for às compras de Natal, feira ou supermercado.

– Se for trocar de computador, prefira um notebook. Ele consome menos energia que um computador de mesa.

– Compre localmente, evitando deslocamento ao ir às compras e evitando a emissão de gás carbônico na atmosfera.

– Ao organizar uma festa, evite o uso de pratos, talheres e copos descartáveis. Sujos, eles não são reaproveitados totalmente. Além de mais barato, utilizar louça convencional é bem mais sustentável.

– Evite o uso de balões e outros enfeites descartáveis. Procure decorar o ambiente com artigos como travessas, vasos, flores, folhas e tecidos.

– Descarte corretamente as embalagens vazias, limpando-as e separando-as por tipo de resíduo. Papelão, plástico, alumínio… cada um tem seu lugar.

– Antes de comprar, pense se você realmente necessita daquele item. Atuar como educador ambiental é ajudar a reduzir o impacto ambiental sobre o planeta e garantir uma vida melhor em sociedade