A decisão do governo do Paraná em contingenciar parte do Orçamento Estadual para 2019 poderá afetar o andamento das obras da PR-912, entre Coronel Domingos Soares e Palmas, no Sul do Estado. O decreto, assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, determina “o contingenciamento de 20% do total dos recursos do Orçamento Fiscal do Poder Executivo do Estado do Paraná”.

Ao todo, está suspensa a execução de despesas no valor total de R$ 8,1 bilhões. A medida não significa que os gastos não serão realizados, mas que eles ficam adiados até segunda ordem.

Pelo decreto, a Secretaria da Educação, tem o bloqueio de R$ 1,6 bilhão. A Saúde, R$ 1,1 bilhão; Segurança Pública, R$ 825 milhões. Da Secretaria da Infraestrutura e Logística foram suspensos R$ 136,8 milhões, dos quais R$ 5,7 milhões que estão destinados às obras de pavimentação da estrada entre Coronel Domingos Soares e Palmas.

As obras na PR-912 tiveram inicio em julho de 2018. A previsão inicial é de conclusão dos serviços até o primeiro semestre de 2020. O custo total da obra é de R$ 49,9 milhões, investimento que compreende terraplenagem, drenagem, pavimentação da rodovia, construção de ciclovias, remanejamento de interferências, sinalização, obras complementares (cercas, passeios, lombadas, defensas, abrigos de parada de ônibus), paisagismo, desapropriação e melhorias ambientais.

Veja:

PR-912 recebe obras de base para pavimentação