Era 5h06 da madrugada desta sexta-feira (6h06 hora de Brasília) quando o Táxi Aéreo PEC saiu de Boa Vista – Roraima, sentido Pato Branco – Paraná, trazendo um bebê de cinco meses de vida, do sexo masculino, com destino a fazer uma cirurgia cardíaca em Pato Branco. O menino nasceu em 11 de janeiro de 2015 e estava há dois meses e 20 dias hospitalizado no Hospital da Criança de Santo Antônio.

Eles realizaram uma escala em Sinop (MT) para abastecimento, mas totalizaram ao todo nove horas e meia de voo. O Taxi Aéreo é uma locação do Município de Boa Vista -Roraima.

O bebê está atualmente com 5.640 kg e veio acompanhado pela mãe, monitorado pelo enfermeiro Cleidomar Ferreira dos Santos, do Samu Goiânia que é especialista em Atendimento Pré-Hospitalar (APH) e pelo médico Kayo Henrique Fernandes e Magalhães Santos. Como ambos profissionais são de Goiânia, eles viajaram para Roraima às 7h da manhã do dia anterior, com o objetivo de fazer este transporte aéreo até o Sudoeste do Paraná.

A aeronave aterizou no Aeroporto Municipal Juvenal Cardoso de Pato Branco às 15h21. Logo em seguida, a USA (Unidade de Suporte Avançado) do Samu 192 Sudoeste chegou para fazer a transferência do bebê e sua mãe até a Policlínica Pato Branco, onde passará por cirurgia cardíaca. Da equipe do Samu 192 Sudoeste, participaram da transferência a enfermeira Mariana Sordi e o condutor socorrista Silvio Paiano.

O bebê nasceu com problema cardíaco e seu estado é grave, mas considerado estável e ele viajou a maioria do tempo no próprio colo da mãe. Este é seu único filho.