por Ivan Cezar Fochzato

Duas estações de avisos fitossanitários estão em fase de instalação em Palmas, Paraná. Os equipamentos reivindicados pelos produtores locais foram obtidos junto ao governo do estado, por ação do gerente do IAPAR local, Wilson Schveiczrski e através da Frutipar (Associação dos Fruticultores do Paraná), que tem como presidente, o engenheiro agrônomo palmense, Ivanir Dalagnol. Este deestacou que as unidades estarão  localizadas  em duas regiões distintas de Palmas, sendo uma no pomar Lovo, para orientar os produtores que tem seus pomares nas regiões mais baixas do município e outra  na região do Horizonte, na propriedade do produtor Rodrigo Kepen, para que seja possível orientar os produtores na região de altitude dos Campos de Palmas.

Salientou Dallagnol, que as estações de Palmas são as mais avançadas tecnologicamente de todo o estado, o que permitirá, a partir dos relatórios emitidos, orientar adequadamente os produtores de maçã locais, quando ao manejo e tratamento de seus pomares nas várias fases de desenvolvimento da cultura da maçã. A Estação de Aviso Fitossanitário orienta do momento certo de intervir nas doenças que afetam os pomares, a exemplo do que vem ocorrendo em Santa Catarina.

 

Os instrumentos possibilitarão a diminuição a contaminação ao meio ambiente, uma vez que toda a prática de manejo com defensivos seguirá orientações científicas maximizando os resultados com menor volume aplicado.