A Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (FATMA) emitiu 99 licenças ambientais para 91 empreendimentos energéticos no Estado, através do programa SC+Energia, que completou um ano de atuação.Ao todo, os investimentos alcançarão mais de R$ 1 bilhão.

Na região Oeste do Estado catarinense, próximo ao município de Palmas, no Sul do Paraná, são pelo menos 12 empreendimentos autorizados:

LICENÇA AMBIENTAL DE OPERAÇÃO (LAO)

PCH Celso Ramos, Faxinal dos Guedes, 12,6 MW (repotencialização)

PCH Coronel Araújo, Água Doce, 5,8 MW

PCH Contestado, Água Doce, 5,6 MW

PCH Salto do Voltão, Xanxerê, 8,2

PCH Salto do Passo Velho, Bom Jesus, 1,8 MW

PCH Santa Laura, Faxinal dos Guedes, 15 MW

PCH Xavantina, Xanxerê, 6 MW

CGH Grenal, Faxinal dos Guedes, 0,35 MW

CGH Sagrado Coração de Jesus, Ponte Serrada, 0,7 MW

CGH São Domingos, São Domingos, 1 MW

LICENÇA AMBIENTAL DE INSTALAÇÃO (LAI)

PCH Celso Ramos, Faxinal dos Guedes, 7,2 MW

PCH das Pedras, Água Doce,  5,6 MW

A Fatma ainda analisa mais de 240 processos de hidrelétricas de pequeno porte.

O programa SC+Energia abrange uma série de medidas que incentiva o investimento em energias alternativas, limpas e renováveis, como PCHs, Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs), eólicas, solar e biomassa, tendo como meta também, o incentivo à micro-geração distribuída.