Por Larissa Mazaloti

 

Às vésperas da realização do vestibular para o curso de Medicina da Unioeste em Francisco Beltrão, que ocorrerá domingo (29) e segunda0feira (30), o governo estadual autorizou o edital para construção do prédio que vai abrigar os alunos da primeira turma. O ato de assinatura aconteceu na manhã desta sexta-feira (27) no gabinete do prefeito Wilmar Reichembach que recebeu lideranças da comunidade e o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Ademar Traiano (PSDB) que representou o governador Beto Richa (PSDB).

 

Traiano afirma que a programação estabelecida está sendo cumprida e que a construção do prédio será executada em etapas com os recursos que foram anunciados pelo governo estadual. Serão R$ 8 milhões no total e nesta primeira fase, R$ 2.400 para fazer toda a estrutura de pré-moldados e o primeiro andar deve estar pronto até o início das aulas, no ano que vem.

 

Para o deputado, a consolidação do curso passa segurança aos vestibulandos e a certeza de que o curso de Medicina é para sempre. “Nossa cidade está com uma imagem muito forte no país inteiro”, comemora.

 

Reichembach diz que estava tudo planejado e a sociedade está envolvida. Com os recursos garantidos e a obra autorizada, é dado um passo importante, ele disse. E o prefeito está tranquilo porque acredita numa imagem positiva da cidade, que será levada por quem prestar o vestibular.

 

O reitor da Unioeste, Paulo Sérgio Wolf, o Cascá garante que a expectativa da universidade com relação ao campus de Medicina em Beltrão é muito positiva e que nos próximos 60 dias uma série de outros recursos serão liberados para equipamentos de laboratório, bibliografia, e contratação de professores e funcionários. “Tudo está no cronograma da Unioeste”, afirma.