Por Evandro Artuzi

Luis Carlos Ferreira Soares, o Carlinhos, acusado pela prática de um homicídio registrado no sábado (08), pela manhã, na comunidade de Linha Santa Barbara, interior de Francisco Beltrão, onde foi vítima, Nédio Risso, 53 anos, se apresentou na tarde desta segunda-feira (10), em companhia de seu advogado.
O crime aconteceu numa estrada rural próximo às propriedades dos envolvidos. Nédio foi atingido na barriga por um disparo de revólver calibre 38, cuja arma foi entregue na 19ª SDP, também nesta segunda-feira (10).
Em seu depoimento, o autor do crime contou que, ao chegar em sua propriedade desembarcou do carro para abrir uma porteira quando Nédio se aproximou armado com uma foice. Com medo de ser atacado efetuou um disparo de advertência, para cima, mas a vítima continuou seguindo em sua direção e houve uma discussão entre ambos, quando então efetuou o segundo disparo que o atingiu na barriga.
Depois disso embarcou no veículo, um Fiat Strada apreendido pela polícia, e fugiu do local, permanecendo na casa de um amigo até está segunda-feira (10). Mesmo expirado o período do flagrante, Luis Carlos foi preso logo após prestar seu depoimento.
Conforme o delegado chefe da 19ª SDP, Wallace de Oliveira Britto, a prisão foi solicitada na manhã desta segunda-feira (10). Para ele, os crimes de homicídios não podem ficar impunes.

OUÇA