Por Evandro Artuzi (09h25)

Eduardo Leonildo da Silva, 23 anos, está preso na cadeia pública de Chopinzinho, acusado pela morte de uma adolescente de 15 anos, crime ocorrido na madrugada de sábado (28). O mesmo, que é funcionário de um Parque de Diversões, foi visto por testemunhas com a vítima seguindo em direção ao local onde o corpo foi encontrado.
Sua prisão ocorreu nesta segunda-feira (30), quando auxiliava na desmontagem dos equipamentos do Parque. Eduardo foi autuado em flagrante por homicídio (artigo 121) e ocultação de cadáver (artigo 211), do Código Penal Brasileiro. Mesmo com todas as evidências e relatos de testemunhas, ele reluta e nega qualquer acusação.
Em entrevista na tarde desta segunda-feira (30), afirmou não ter nenhum tipo de envolvimento com a vítima. “Sai do Parque quando encerrou as atividades e fui até o Bar Boêmios no centro da cidade onde ela estava, mas nem tivemos contato. O que eu vi foi ela saindo numa moto preta”, conta Eduardo.

Ouça