Ivan Cezar Fochzato

 

As exportações da indústria madeireira instalada em Palmas apresentaram um crescimento de aproximadamente 30 por cento no período de janeiro a novembro de 2010, em relação ao mesmo período de 2009.Do total das exportações da indústria palmense, que no período alcançou 81,5 milhões de dólares, o setor madeireiro foi responsável por 65 milhões e 400 mil dólares. Em 2009, o volume de produtos manufaturados de base madeireira chegou aos 50 milhões, 700 mil dólares.

Conforme o presidente do (Sindipal) Sindicado da Indústria da Madeira, Roni Marini, o setor já passou por momentos muito melhores que os obtidos em 2010, mas também enfrentou situações extremamente dramáticas. Os maiores resultados foram obtidos durante 2003 a 2005 entrando em declínio nos anos seguintes, estabilizando-se recentemente e neste ano voltando a apresentar certo crescimento.

Conforme o empresário neste ano  o cenário não é favorável para exportações, em função da crise internacional, o que deve melhorar a partir de 2012. Destacou ainda que com os investimentos a serem feitos no Brasil, por conta de investimentos governamentais, o parque industrial local está reordenando a produção para o mercado interno.
Confira análise em ÁUDIO

 

Leia mais – Exportações palmenses aumentam 40%