A reabertura da Estrada-Parque Caminho do Colono foi debatida na semana passada, dia 6 de agosto, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A reunião da frente parlamentar, liderada pelo deputado Nelson Luersen (PDT) e que conta com a assinatura de 24 parlamentares, ajustou a agenda que programa audiências públicas nos dois municípios limítrofes ao parque.

Duas delas estão programadas para os próximos dias 15 e 16 de agosto, em Capanema e Medianeira, respectivamente, em uma parceria da Frente Parlamentar pela reabertura da Estrada-Parque Caminho do Colono e da Comissão de Direitos Humanos e da Cidadania, presidida pelo deputado Tadeu Veneri (PT).  Junto com as audiências públicas nos dois municípios sudoestinos, está programada uma visita às margens do Rio Iguaçu no Porto Lupion, em Capanema, de onde partia a barca que levava ao antigo Caminho do Colono.

“Temos um movimento forte acontecendo na região, encabeçado pelas associações comerciais e empresariais, pelas cooperativas, sindicatos, igrejas, prefeituras e sociedade organizada. Também existe movimentação dos deputados estaduais e dos federais, em Brasília”, afirmou Luersen. Ainda segundo o deputado, a reabertura ganha força em cunho federal e estadual, “o presidente Jair Bolsonaro já afirmou que, se a estrada for ambientalmente correta, é favorável. O governador Ratinho Junior nos disse que se a reabertura for aprovada em Brasília e sancionada pelo presidente, se comprometerá a refazer a estrada e cuidar da manutenção dela”, afirmou Luersen.

“Não queremos uma estrada com comércio, que crie possibilidades de depredação. Queremos um caminho simples, com trafego exclusivamente para carros de passeio e ônibus de turismo, fechado para caminhões. Nosso pedido é a aprovação de leis que conjuguem o direito de ir e vir, preservando o meio ambiente”, frisou o deputado.

Confira a matéria na íntegra:

 

Foto: Kleyton Presidente/Alep.