As deficiências na área da Saúde Pública nos municípios de Palmas e de Coronel Domingos Soares, ambos na Região Sul do Paraná, são o tema de uma audiência pública marcada para essa sexta-feira(30) a partir das 19h30, no Centro Cultural Dom Agostinho José Sartori, em Palmas.

O convite está sendo feito pela 2.ª Promotoria da Comarca. Segundo a promotora de Justiça Renata Nascimento Silva, a audiência foi convocada em função do grande volume de relatos de problemas nos serviços públicos de saúde, com consequente processo de judicialização das demandas. “Chegamos ao ponto de ter ação civil pública ajuizada para garantir consulta a um paciente. Temos também um caso em que a espera por cirurgia simples totaliza cinco anos”, relata.

Na audiência, a promotora pretende reunir gestores municipais, prefeitos e demais agentes políticos dos dois municípios, assim como agentes de saúde que atendem pelo SUS, representantes do Hospital Santa Pelizzari e membros do Conselho de Saúde, para discutir com a população as limitações na oferta de serviços de saúde.

“A intenção é que o ato traga maiores elementos para a realização de diagnóstico dos principais problemas na área da saúde pública na região, viabilizando uma atuação mais contextual e eficiente, tanto preventiva quanto repressiva, por parte do Ministério Público”, resumiu a promotora de Justiça.