Nesta quinta-feira (06) é comemorado o Dia Mundial da Atividade Física. Muitos benefícios da prática de determinadas atividades são conhecidos, como a melhora do condicionamento, prevenção a doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e outras doenças crônicas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o sedentarismo é o quarto principal fator de risco de morte no mundo e aproximadamente 3,2 milhões de pessoas morrem a cada ano em decorrência disso. Com base nesses dados e seguindo o modelo do programa Agita, a OMS institui o dia 06 de abril para a prevenção do sedentarismo, incentivando a prática de exercícios físicos.

Muitas vezes, atividades como caminhada, ciclismo, futebol, entre outras, fazem parte do lazer comum. No entanto, ao se buscar atividades de alto rendimento ou mesmo para fins estéticos, é de extrema importância o acompanhamento profissional.

Conforme o coordenador do curso de Educação Física do Campus Palmas do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Kleber Farinazo Borges, o profissional formado na área passa por uma preparação técnica minuciosa, onde é conhecida a anatomia e a fisiologia do corpo humano, como ele funciona, quais movimentos e a intensidade de esforço que cada biótipo pode ser submetido.

O docente alerta para o risco de se buscar a orientação de indivíduos sem a devida formação na área, uma vez que, muitas vezes, ao não ter o devido conhecimento, o aluno pode ser submetido a exercícios impróprios para o seu condicionamento físico, podendo sofrer lesões, muitas vezes, irreversíveis.

Ouça a entrevista: