O deputado federal Assis Miguel do Couto (PT) confirmou em entrevista na sexta-feira (12) que pode deixar o partido dos trabalhadores (PT). O parlamentar vem cogitando essa possibilidade há algum tempo, mas nos últimos meses a ideia ganhou força.

Conforme Assis, a decisão será tomada assim que se defina a reforma política, para que não haja prejuízos a seu mandato na Câmara Federal. Quanto a seu destino, revelou ter recebido convite de três siglas: PDT, PSB e PMDB.

Fontes ligadas ao deputado garantem que das possibilidades apontadas, a mais provável é o PDT. Assis do Couto lembra que pretende ficar num partido de centro esquerda, afinal precisa manter a história que tem junto aos movimentos sociais da região Sudoeste, onde fica sua principal base eleitoral.