O deputado Assis esteve em Curitiba, na capital do Paraná,  sexta-feira (28) para uma reunião na Superintendência Estadual da Funasa (Fundação Nacional da Saúde). Ele foi conhecer de perto a entidade e debater o pagamento de emendas individuais de 2014 e 2015. Somados os dois anos, Assis tem mais de R$ 7 milhões de emendas indicadas na Funasa, que vão beneficiar 28 municípios paranaenses.

“Fizemos uma visita para conhecer a Funasa no Paraná, tratar sobre projetos, e verificar o andamento das emendas individuais”, reforçou o parlamentar. O deputado foi recebido pelo superintendente substituto da Funasa, Luiz Henrique Coelho Barreto, pela chefe de Engenharia, Sônia de Paula Borba, e pelo chefe de Serviços e Convênios, Michel Mussi.

Durante a reunião, Assis apontou que a problemática do saneamento rural não está relacionada apenas ao fornecimento de água potável por exemplo. “Como resolver a questão do esgoto? Qual modelo devemos utilizar na agricultura familiar? Este é um ponto difícil de resolver”, questionou o deputado. Assis também afirmou que é raro encontrar um pequeno município que tenha um sistema eficaz de esgoto. “As cidades pequenas tem essa dificuldade na elaboração dos projetos. É complicado e caro para fazer. E infelizmente não podemos indicar emendas parlamentares para fazer o custeio destes projetos”, ponderou.

Os mais de R$ 7 milhões indicados pelo deputado na Funasa pretendem contemplar ações, em pequenos municípios, que contemplem a implantação, ampliação ou melhoria de ações e serviços sustentáveis de saneamento básico em pequenas localidades, comunidades rurais, tradicionais e especiais para prevenção e controle de doenças. “Em outras palavras, os municípios poderão utilizar esse recurso para fazer poços artesianos com rede de água e também melhorias sanitárias nas comunidades rurais”, exemplificou.