A Assessoar (Associação de Estudos, Orientação e Assistência Rural), com sede em Francisco Beltrão, realizou na manhã desta quarta-feira (23) mais um ato para comemorar os 50 anos de fundação. Na sede da entidade foram reunidos sócios-fundadores, ex-presidentes, representantes de entidades parceiras e a atual diretoria para comemorar os resultados decorrentes do trabalho da entidade nesse cinquentenário.

Gelci Dutra - Diretor da Assessoar
  • Compartilhe no Facebook

Gelci Dutra – Diretor da Assessoar

Em entrevista à Rádio Onda Sul FM, o atual diretor da entidade Gelci Dutra lembrou que o evento desta quarta-feira é um dos últimos referentes a comemoração do aniversário. As atividades elusivas tiveram início ainda em fevereiro, mês da fundação, e prosseguiram com diversas atividades durante o ano. Uma delas e que atraiu milhares de pessoas foi a recente festa das sementes, no Parque de Exposições Jaime Canett Junior.

Dutra lembrou um pouco da história de lutas da Assessoar que foi fundada em 10 de fevereiro de 1966 por um grupo de 33 jovens, apoiados por religiosos da Congregação do Sagrado Coração de Jesus, tendo a participação de padres belgas. Entre as atividades desenvolvidas no começo das atividades, destaca-se a formação de catequistas e a alfabetização de agricultores.

Com o passar do tempo foram criados os movimentos sociais como o MST, visto que havia necessidade de se lutar pela terra. Em seguida, já nas décadas de 80 e 90, surgiu a Cresol (Cooperativa de Crédito com Interação Solidária) com as primeiras unidades instaladas em Capanema, Marmeleiro e Dois Vizinhos. Gelci também destacou a construção da sede da entidade no Bairro da Cango. Uma estrutura completa para realização de encontros de formação e alojamentos de colaboradores e agricultores familiares que buscam os serviços da entidade.

Daniel Meurer, um dos sócios fundadores da Assessoar lembrou da luta e das conquistas ao longo dos anos. Foto: Evandro Artuzi/RBJ
  • Compartilhe no Facebook

Daniel Meurer, um dos sócios fundadores da Assessoar lembrou da luta e das conquistas ao longo dos anos. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

A reportagem da Onda Sul FM registrou um pouco da história da Assessoar na entrevista com Daniel Meurer, um dos sócios fundadores. Ele, que mora em Cruzeiro do Iguaçu, fez questão de contar como e por que surgiu a entidade. Lembrou das dificuldades da época e das perseguições sofridas no período da Ditadura Militar.

“Não chegamos a apanhar, mas pelo fato de nossa ligação com os religiosos, sempre fomos perseguidos. Para desenvolver nossas atividades de assistência aos agricultores e projetos de alfabetização, tínhamos que agir as escondidas e também manter nosso material escondido dos militares. Foi difícil, mas passou e conseguimos muitas conquistas ao longo dos anos e hoje aqui estamos reunidos para comemorar com amigos da época e os atuais colaboradores”, revelou.

Ouça a entrevista na íntegra…

Bispo da Diocese de Palmas/Francisco Beltrão, Dom Edgar Xavier Ertl enaltece o trabalho de formação da Assessoar nesses 50 anos. Foto: Evandro Artuzi/RBJ
  • Compartilhe no Facebook

Bispo da Diocese de Palmas/Francisco Beltrão, Dom Edgar Xavier Ertl enaltece o trabalho de formação da Assessoar nesses 50 anos. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

O Bispo da Diocese de Palmas/Francisco Beltrão, Dom Edgar Xavier Ertl também participou do momento festivo. Na ocasião lembrou do trabalho educacional realizado pela Assessoar e a importância do apoio dado pela Igreja Católica na época.

Dom Edgar recordou que, aos 12 anos de idade, quando residia em Nova Prata do Iguaçu fez uso do material elaborado pela entidade nos estudos em que participava com outros jovens. Também lembra que seu pai por diversas vezes participou de cursos de orientação na sede da entidade em Francisco Beltrão. O Bispo garante que pretende estreitar os laços entre a Assessoar e a Igreja Católica no Sudoeste com objetivo de manter ativo o trabalho e a preocupação que se tem com as pessoas mais humildes, com os agricultores familiares.

“Vou procurar estreitar os laços com a entidade, pois o trabalho dela é bem semelhante ao que nós (igreja) fizemos, a missão é bem semelhante e merece todo nosso apoio”, declarou.

Ouça entrevista…

Fotos: Evandro Artuzi/RBJ