Nos próximos dias o governador do Paraná, Beto Richa, deverá sancionar três projetos de Leis para a construção de usinas eólicas no município de Palmas, região Sul do estado. De proposição do deputado Valdir Rossoni (PSDB), as matérias foram votadas em redação final na última semana pela Assembleia Legislativa do Estado.

O empreendimento energético nos Campos de Palmas prevê investimentos próximos de R$ 1 bilhão. Com as Leis 194,195 e 196/2014 os empreendedores estão autorizados a instalar os complexos Eólicos Água Santa I, II, III; Rota das Araucárias I e II; Complexo Eólico Serra da Esperança I e II. Ao todo serão instaladas 74 torres com capacidade de geração de 170 megawatts

Para Rossoni, destacou que o município terá a economia aquecida no período da instalação dessas torres e, na sequência, também será beneficiado com uma parcela maior de impostos em razão da energia produzida.

Para a sequência dos processos para os investimentos ainda falta a Audiência Pública em Palmas a ser realizada pelo IAP para apresentação dos Estudos e Relatórios de Impactos Ambientais. O grupo de empresários aguarda o ato público para a obtenção da LP – Licença Prévia, documento que os habilita ao leilão de energia eólica da ANEEL marcado para o mês de setembro.