O fato aconteceu por volta das 13h, estava no local, uma loja de tintas, Pato Tintas, no Bairro La Salle,  o empresário, a esposa, a filha menor  e um funcionário.

Os bandidos chegaram fingindo ser clientes. Um deles se aproximou do balcão e outro foi até o escritório onde estava o empresário e deu voz de assalto, apontando um revólver calibre 38 para a vítima, enquanto o comparsa matinha a esposa e o funcionário reféns na ponta da faca.

“Foi tudo muito rápido, ele queria o dinheiro e dizia que sabia que eu tinha dinheiro na loja”, afirmou o empresário. Os bandidos levaram a bolsa da esposa, onde estavam R$ 50 mil em dinheiro vivo, e R$ 20 mil em cheques, que seriam utilizados pelo empresário para saldar compromissos com fornecedores e pagamento de salários de funcionários.

Uma vez com o dinheiro e celulares das vítimas, os dois deixaram o local fugindo em uma moto da própria loja. A vítima e amigos saíram atras dos meliantes, seguindo-os até um prédio onde eles entraram na rua Luiz Favreto. No local acionaram a polícia que cercou o prédio com 15 policiais militares.  Os policiais arrombaram a porta e os dois elementos foram encontrados com o dinheiro do assalto e as armas utilizadas.

A moto também levada da vítima estava na garagem do prédio. Os dois foram identificados como Márcio Ferreira de Lima e Ezequiel Pereira da Silva. A proprietária do apartamento onde os dois foram presos afirmou não conhecer os elementos e teve sua residência invadida quando abriu a porta para ver o que estava acontecendo. A polícia acredita que o assalto tenha tido a participação de outros dois elementos, que poderão ser presos nas próximas horas.