A Polícia Civil de Realeza, no sudoeste do Estado, prendeu ontem (11) o último homem suspeito de ter participado do assalto de um malote lotérico, fato que ocorreu em janeiro desse ano.

O suspeito Joel de Lima, 32 anos, foi encontrado pela polícia em um bar, mas não obedeceu a ordem de abordagem e tentou fugir com um Vectra. Houve perseguição e o carro foi abandonado após ter um pneu furado por um tiro. Joel ainda tentou fugir a pé, mas foi detido e conduzido à delegacia de polícia.

Além do assalto ao malote, cometido com ajuda de mais duas pessoas, Joel responde também por tráfico de drogas e posse de arma adulterada, em Realeza, e tráfico de drogas em Catanduvas (PR).