Depois de ter passado dias de deserto, com a umidade relativa do ar chegando ao recorde  7.4%, na última semana, seguido de um período com a chuva, o que contornou a situação de desconforto respiratório,  é a vez do frio voltar à região de Palmas, sul do Paraná, a partir de amanhã(17).

 O volume de chuva medido pela Estação do IAPAR desde às 09h00 de ontem(15), alcançou 116.8 milímetros e na soma do mês de maio o volume alcança 137,4. Conforme o Simepar, em apenas 15 dias já choveu em Palmas, praticamente o volume mês inteiro, que é de 195 milímetros em média.

 A frente fria que trouxe a chuva se desloca para o Sudeste do Brasil e conforme o SIMEPAR, uma massa de ar frio avança sobre o Sul do País, com queda acentuada de temperaturas já a partir de sexta-feira, de forma mais intensa na região de altitude dos Campos de Palmas/Agua Doce e com a possibilidade de formação de geada entre fraca e moderada, já na madrugada/manhã de sábado(18) em todo o município.