Na Sessão Ordinária desta terça-feira, dia 4, os vereadores de Francisco Beltrão aprovaram por unanimidade dois Projetos de Lei do Executivo e Requerimentos.  Um dos projetos cria uma zona especial de interesse social, com área de 2.134 m2, para a construção de nove casas de famílias que estão recebendo o aluguel social, visto que moravam na área onde foi construída a trincheira, no bairro São Miguel. Ao todo 48 famílias aguardam a casa própria, mas nesta etapa somente nove serão contempladas.

O outro projeto prevê a abertura de crédito adicional suplementar no orçamento da Prefeitura, na ordem de R$ 3,2 milhões. O dinheiro será aplicado na construção da ponte sobre o rio Marrecas, na rua Octaviano Teixeira dos Santos. São recursos financiados junto à Paraná Fomento e que serão pagos no prazo de 20 anos. A vereadora Elenir de Souza Maciel, (PP), requereu do município a destinação de auxílio financeiro para a Esprof, Escola Profissionalizante de Futebol. Também pediu a relação de entidades esportivas que recebem recursos da Prefeitura.

O vereador Roberson Artifon Fiera, (PT), gestionou recapeamento asfáltico em toda a extensão da rua Ardelino Martini, no bairro Sadia, no trecho da BRF até a saída para o Menino Jesus. Roberson está pedindo o asfaltamento nesta via desde março de 2013, ou seja, há mais de dois anos, visto que rua apresenta péssimas condições de conservação. Nesta semana a secretaria municipal de Obras e Viação recapeou os pontos mais críticos, mas o vereador enfatiza que todo o trecho precisa da melhoria.