Policiais Militares do Pelotão de Marmeleiro, no sudoeste do Estado, recuperaram na manhã destas quinta-feira (18) uma camionete Ford/Ranger com registrado de furto/roubo e apreenderam uma carga de cigarro contrabandeado do Paraguai. A apreensão aconteceu na comunidade de Linha Frio, que fica distante cerca de 15 Km da cidade de Marmeleiro.

Conforme o soldado Paulo Giovelli, a camionete foi avistada enquanto na Avenida Macali e levantou suspeita da equipe que tentou fazer a abordagem para averiguação, porém a ordem não foi acatada pelo motorista que fugiu em alta velocidade sentido à Flor da Serra do Sul, pela rodovia BR 280.

Depois de andar cerca de 15 Km tentou despistar a polícia entrando numa estrada rural, onde acabou perdendo o controle da direção e veio a cair dentro de um buraco danificando o eixo dianteiro do veículo. Mesmo assim, ainda conseguiu seguir por mais cerca de 300 metros quando abandonou o carro e embrenhou-se num matagal, não sendo localizado.

Na perseguição, a viatura policial também caiu num buraco em meio a uma lavoura e ficou danificada, impossibilitada de rodar. A central de Operações da Polícia Militar no Batalhão de Francisco Beltrão foi informada e providenciou a remoção dos veículos.

Após consulta no sistema de investigação da polícia, foi constatado que a camionete portava placas clonadas e apresentava registro de furto/roubo na cidade de Tapejara (RS). As placas existentes no veículo, KQL 8497, são de um Polo emplacado em São Paulo (SP). As placas verdadeiras são: IRW 1404 de Tapejara (RS). A camionete e a carga de cigarro foram recolhidas ao Batalhão de Polícia Militar em Francisco Beltrão para posterior encaminhamento à Receita Federal de Capanema.

Em menos de 24 horas, essa é a segunda camionete do mesmo modelo com registro de roubo apreendida com carga de cigarro na região. Na quarta-feira, uma apreensão semelhante foi feita pela Polícia Rodoviária Estadual na PR 483, em Francisco Beltrão. O veículo havia sido roubado em Santa Catarina e teve as placas e a cor adulteradas pelos contrabandistas de cigarro.

Fotos: Evandro Artuzi/ Polícia Militar