Após três meses de resultados negativos, com mais demissões do que contratações, Palmas, Sul do Paraná, voltou a registrar saldo positivo na geração de empregos, com 38 novos postos de trabalho preenchidos em agosto, segundo dados do Caged (Cadastro de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho.

No mês foram 407 admissões e 369 desligamentos. As funções de alimentador de linha de produção e impregnador de madeira foram as que contabilizaram o maior número de contratações. Entretanto, estas ocupações também foram as que registraram o maior saldo de demissões.

Considerando o acumulado de janeiro a agosto, Palmas contabiliza saldo de 426 empregos, com 3.940 contratações e 3.514 desligamentos. O melhor resultado foi o do mês de janeiro, com 306 empregos. Já o pior foi o mês de junho, quando o município amargou um saldo negativo de -124 postos de trabalho.