Um rapaz de 22 anos foi morto em Francisco Beltrão na madrugada deste sábado (25). O crime ocorreu na Avenida Duque de Caxias, no Bairro Marrecas, próximo de um bailão, por volta das 03h30. A vítima, Gilmar Telles, foi atingida por três disparos de arma de fogo. O crime teria sido motivado por desentendimento com outras pessoas.

No local, a mãe dele disse à polícia que o suspeito pela morte seria Fabiano Antonio Cardoso Pinto, conhecido como “Toco”, proprietário de um bar localizado na PR 483, perto da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão. A Polícia Militar fez buscas, mas o suspeito não foi localizado. Ela ainda afirmou que filho teria saído de casa para ir ao bailão com seu carro, um Corsa, mas as chaves não estavam com ele.

O veículo, no entanto, foi abordado na Rua Tocantins ocupado por dois homens, Charles Pereira da Cruz e Rudinei Wandscher Medeiros. Ambos foram entregues na 19ª SDP para prestar esclarecimentos sobre a posse do veículo. A Criminalística foi acionado e esteve no local do crime fazendo o trabalho pericial. Em seguida, o corpo foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão.