A partir da próxima terça-feira (26) os moradores de Coronel Vivida, sudoeste do Paraná, irão pagar mais caro pela energia elétrica. Durante Reunião Pública nesta semana, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou o reajuste nas tarifas da Forcel (Força e Luz Coronel Vivida LTDA.) Para os consumidores residenciais, aumento será de 27,27%. Já para o segmento de alta tensão, o aumento chega a 36,26%

São considerados consumidores de baixa tensão os usuários das classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural (subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).

A justificativa da companhia para o reajuste foi o aumento na compra de energia, além dos encargos do setor e os custos com o transporte da energia.