Celulares roubados ou irregulares vão ser bloqueados. A decisão é da Agência Nacional de Telecomunicações. Aparelhos sem certificação da Anatel e que não tiverem o número do IMEI válido serão impedidos. O IMEI é uma identificação internacional única de cada telefone celular, uma sequência de números que equivale ao chassi dos carros. A decisão visa impedir o uso de celulares roubados.

(Imagem Iustrativa)
  • Compartilhe no Facebook

(Imagem Iustrativa)

A superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Maria Lúcia Bardi explica. “É uma medida para proteger o consumidor da compra de equipamento irregular e evitar que equipamentos que não seguem a norma de especificação sejam utilizados. Esses celulares têm vida útil muito menor, podem aquecer demais, podem acontecer várias coisas além de ser contrabandeado. ”

Os aparelhos sujeitos ao bloqueio são principalmente os vendidos de forma irregular no mercado nacional. Maria Lúcia explica que o usuário pode se prevenir para não comprar e não usar um telefone roubado. “Quando uma pessoa vai comprar um celular, primeiro é importante que ela compre de alguma empresa legalmente constituída, isso já dá uma certa segurança. Se ela compra o telefone na rua ou de terceiros, ela pode estar comprando alguma coisa que não seja regular.” Para verificar qual é o IMEI do seu celular basta discar: *#06# e o número do IMEI aparecerá na tela do celular.

(Imagem Ilustrativa)
  • Compartilhe no Facebook

(Imagem Ilustrativa)

Segundo Maria Lúcia, quem teve o aparelho roubado pode pedir para fazer o bloqueio, indo até a delegacia mais próxima para fazer o boletim de ocorrência. A partir da linha de telefone e após o boletim de ocorrência, na delegacia mesmo o celular será bloqueado.

Quanto aos celulares irregulares, antes de realizar o bloqueio, as operadoras serão obrigadas a informar aos clientes que o aparelho não está regular. Somente após 75 dias o celular vai poder ser bloqueado. A previsão é que as empresas comecem a mandar mensagens com avisos a partir do final de julho.