A Assembleia Legislativa de Santa Catarina – ALESC aprovou indicação do deputado estadual, Reno Caramori(PP), solicitando a pavimentação asfáltica da rodovia SC 154, a partir da BR 282, ligando os municípios catarinenses de Ponte Serrada e Passos Maia até limite entre os estados SC e PR no município de Palmas.

Conforme o deputado, a ligação asfáltica reduziria consideravelmente a distância entre os dois estados. “O trecho não pavimentado encontra-se em condições precárias de conservação e trafegabilidade, sem qualquer sinalização”, avaliou.

Na justificativa da indicação, o parlamentar destaca que o asfaltamento da referida rodovia irá beneficiar o escoamento da produção das agroindústrias e contribuirá para acelerar o desenvolvimento de uma região pouco explorada, mas com grande potencial hidrelétrico, eólico, turístico, madeireiro e agropecuário. Além disso, sustenta Caramori, que a rodovia beneficiará centenas de estudantes que utilizam o trecho para deslocamento até Palmas para seus estudos universitários, o que reduziria consideravelmente os gastos.

Após a aprovação pela ALESC, o presidente em exercício da casa, Deputado Joares Ponticelli, enviou uma mensagem ao Governador catarinenses, Raimundo Colombo e ao Secretário de Estado de Infraestrutura, João Carlos Ecker. Ofício com a aprovação da indicação pelos deputados catarinenses foi enviado ao vice-prefeito de Palmas, Luís Fernando Reis Camargo, em que o deputado proponente busca apoio dos paranaenses para haja a participação do governo do para a pavimentação do trecho entre a PRC 280 até a divida entre os dois estados, numa extensão de pouco mais de 10 quilômetros.

Atualmente o trajeto asfaltado entre Palmas e Ponte Serrada tem uma distância de aproximadamente 150 quilômetros. Caso seja atendida a reivindicação do deputado catarinense a distância entre os dois municípios ficaria em aproximadamente 70 quilômetros dependendo da escolha do trajeto para pavimentação. A menor distância seria a partir do Trevo da Codapar. O trecho defendido por Caramori parte da PRC 280 via PCH Vitor Adami e ponte Baixa, no Rio Chapecó. Para os palmenses chegarem ao vizinho município Passos Maia tem que andar 140 quilômetros pelo asfalto. A pavimentação reduziria em aproximadamente 100 quilômetros o percurso.