Produtos fresquinhos e de qualidade, direto do produtor da agricultura familiar para as escolas e centros municipais de educação infantil. É com este objetivo que ano após ano a Administração Municipal vem aumentando a compra da merenda escolar dos produtores locais. Na última semana, a Associação de Mulheres Rurais de Chopinzinho assinou novo contrato de R$ 356 mil, para intermediação de produtos alimentícios.

Serão 37 fornecedores: de frutas, verduras, carnes, legumes, pães, bolachas, macarrão, entre outros. “Os produtos produzidos em Chopinzinho são alimentos frescos e de extrema qualidade. Também, geram renda para estas famílias, que garantem melhores preços de compra”, diz o Prefeito Álvaro Scolaro.

Já são comprados cerca de 50 diferentes gêneros alimentícios da agricultura familiar, adquiridos em 3 chamadas públicas ao ano (visando a compra de produtos sazonais). A nutricionista Nani Caroline da Silva, responsável técnica pela merenda escolar, explica que a legislação, de 2015, diz que é obrigatória a compra de pelo menos 30% da merenda da agricultura familiar. “Desde 2018 gastamos 100% do recurso da merenda escolar com agricultura familiar. A priorizamos para garantir um produto mais nutritivo ao aluno, com menos processamento, agrotóxico e quase in natura”, explica Nani. Outra vantagem é o comprometimento do produtor com as entregar e qualidade do produto entregue.