Os produtores rurais de Passos Maia, há 40 quilômetros de Palmas, sul do Paraná, terão uma nova fonte de renda, a partir de uma parceria com a administração municipal e uma empresa do Rio Grande do Sul, para a produção de figo. Os agricultores estiveram reunidos para conhecer o projeto, desde o plantio das mudas, passando pelos cuidados iniciais, a manutenção e o momento da colheita.

Conforme o acordo, os agricultores irão exportar a produção para a empresa gaúcha, que fará o processo de industrialização, produzindo figos em calda. Já existe no município outra parceria, com a mesma empresa, onde são produzidos pepinos para conserva.

O investimento aproximado de cada produtor será de R$ 7,5 mil. O valor inclui a compra de 750 mudas, preparo do solo, adubação, sistema de irrigação, controle de pragas e outros trabalhos. Apesar de os pés começarem a produzir só no segundo ano, a partir do terceiro ano será possível a colheita de até 6 toneladas da fruta, conforme informações de técnicos da empresa industrializadora.

Segundo a Secretaria de Cidadania e Reforma Agrária, cerca de 25 produtores deverão integrar o projeto. Os interessados em participar, devem procurar o departamento até a próxima semana, pois os trabalhos de preparo do solo irão iniciar no próximo mês.