Indícios da presença de onças-pintadas foram registrados em Ponte Serrada, há 50 quilômetros de Palmas, sul do Paraná. Conforme relatos, na madrugada de hoje (06) em um sítio na localidade da Serra da Paca, os animais apresentavam um comportamento fora do normal.

Segundo o proprietário do sítio, Neodi Tizatto, ao sair para verificar o que estaria causando agitação nos animais da propriedade, uma espécie de urro pode ser ouvido, não sendo possível, entretanto, constatar de onde teria saído tal som.

Pela manhã, foram encontradas algumas pegadas do possível animal, que estaria rondando pela localidade. Segundo informações, a presença de onças na região se dá, em virtude da soltura de alguns exemplares da espécie no Parque Nacional das Araucárias, entre os municípios de Ponte Serrada e Passos Maia, visando o controle da população de javalis na região.

O proprietário do sítio, que fez o registro fotográfico das pegadas, relatou que as mesmas possuem o tamanho de uma mão humana. Informou que apesar do susto, nenhuma perda foi registrada.

Palmense desaparecido

A presença de animais do gênero na região não é novidade. Um caso que chamou a atenção da população foi o do palmense Abel Siqueira, 55 anos, cuja família não tem notícia de seu paradeiro desde o dia 26 de junho de 2013. Siqueira era morador do bairro Alto da Glória em Palmas, mas estava trabalhando no corte de pinus juntamente com dois irmãos, na localidade de União do Oeste, em Passos Maia (SC), há 40 quilômetros de Palmas.

Conforme informações de familiares, Abel apresentava um quadro depressivo e dias antes de desaparecer, teve alucinações, não conseguindo dormir direito. Segundo os irmãos de Abel, ao acordarem pela manhã do dia 26, perceberam que ele tinha saído à noite e desde então não mais retornou.

Moradores da localidade repassaram ao familiares que haviam avistado um homem em meio à mata, mas após uma série de buscas realizadas, ninguém foi localizado. Outra informação que chegou até a família de Abel Siqueira, dava conta da existência de um leão-baio na localidade. Um dos moradores do local, contou que inclusive quase foi atacado pelo animal, e que Siqueira pode ter sido vítima do felino.