Por Evandro Artuzi

Após um longo período de tranqüilidade, a Polícia Militar volta a registrar crimes em Chopinzinho. Na tarde desta segunda-feira (30/07), por volta das 15h30, o agricultor Arno Müller, 61 anos, morador na comunidade de Linha Lageadinho, interior, foi morto com um tiro no peito. A vítima estava dentro de sua residência quando foi atingido.

 

De acordo com Hedi Müller, esposa da vítima, ela saiu para verificar um ninho de galinha distante cerca de 300 metros da residência, quando ouviu um barulho, mas a princípio pensou se tratar de um curto circuito no poste de energia elétrica, já que chovia no momento.

 

Pouco depois viu uma pessoa em frente à casa, mas essa fugiu com sua aproximação. Hedi só percebeu que o marido havia sido atingido e estava morto quando entrou na casa e se deparou com o mesmo caído ao chão, na sala.

 

Abalada com a situação, pediu ajuda a vizinhos que acionaram a Polícia Militar, que realizou buscas mas nenhum suspeito foi localizado. A esposa disse nao conhecer o suspeito do crime, pois estava muito longe, apenas observou que ele usava um boné branco.

 

Na casa, a polícia constatou que o disparo foi efetuado a partir de uma janela que fica nos fundos e, em seguida, o criminoso entrou na casa pela janela da frente onde ficaram marcas de barro. Segundo Hedi, eram guardados pelo casal mais de um mil reais, valor que não foi levado.

 

A Polícia Civil esteve no local e após realizar o levantamento na cena do crime liberou o corpo, que foi encaminhado ao IML de Pato Branco. A Polícia Civil investiga o crime, mas ainda não há nenhum suspeito.

Ouça entrevista com Soldado Remi De Césaro (PM Chopinzinho)