• Compartilhe no Facebook

Após diversas reivindicações ao longo de pelo menos cinco anos, enfim, será construída a nova ponte do Abarracamento, no Rio Chopim entre Coronel Domingos Soares e Palmas. Luta de lideranças de ambos municípios, a nova estrutura conta com participação do governo do Estado e de empresários. Inaugurada em 1971 é considerada estratégica para o desenvolvimento econômico e social desta região. Há anos já não oferece condições seguras de trafegabilidade e tem causado aumento do custo do setor produtivo.

  • Compartilhe no Facebook

Nesta semana, transportados pelos caminhões da Indústria Guararapes, chegaram os tubos de concreto fornecidos pelo governo, que estão depositados no pátio da Empresa Estrela Indústria de Papel, na Ponte do Chopim. Conforme definições das lideranças e empresários apresentadas ao deputado federal licenciado, Valdir Rossoni, atual Chefe da Casa Civil do Paraná, a ponte terá 150 metros de comprimento por 6 metros de largura.

  • Compartilhe no Facebook

  • Compartilhe no Facebook

Ilustrativa

Ficou estabelecido entre os Departamentos Municipais de Engenharia e de Infraestrutura, que a atual ponte será desmanchada e será utilizada a estrutura de concreto já existente para a execução da chamada ponte molhada, que consiste na construção de uma base de concreto onde serão assentados os tubos, e sobre estes, a estrutura da pista. As prefeituras definirão como os trabalhos serão realizados e logo abrirão os processos licitatórios necessários para a contratação dos serviços.

Conforme a prefeita domingossoarense, Maria Antonieta de Araújo Almeida, 2017 foi um ano de muitos pedidos o governo estadual em torno desta ponte. “Logo daremos início a construção em parceria com a Prefeitura de Palmas, alguns empresários e todos os interessados nessa obra”, disse ela, ao mesmo tempo que agradeceu a todos que, de uma forma ou de outra, colaboraram na conquista dos tubos e se empenham para que esta importante obra se concretize.