por Ivan Cezar Fochzato

O advogado, Ronelson  de  Oliveira,42, que por vários anos teve atuação junto a empresa Campos de Palmas e também no corpo jurídico da Prefeitura em Palmas, sul do Paraná, se suicidou ontem(12), na cidade de Cascavel, oeste do estado, onde trabalhava e residia com a família, na Rua Terezina, no Barrio Cancelli

 

Conforme informações preliminares, Ronelson se enforcou com uma corda  no interior de sua residência após chegar do trabalho. Ainda há informação de que o advogado teria deixado algumas cartas explicando os motivos do ato extremo e que foram recolhidas pela perícia policial.