O município de Candói, gestionado pelo Prefeito Gelson Costa, tem apresentado um desenvolvimento invejável, se comparado a alguns dos municípios da região. Obras de infraestrutura rural e urbana têm aflorado a cada ano que passa. Direcionando o município rumo ao desenvolvimento.

De um município, no passado, marcado por dívidas e financiamentos, na atualidade passa por uma boa saúde financeira. Além de todos os investimentos já realizados e obras em andamento, o município investirá 19 milhões neste ano de 2019, além do orçamento anual já planejado.

EDUCAÇÃO, SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL

Boa parte dos recursos, R$ 6 milhões no total, foram destinados para áreas prioritárias e essenciais como a Educação, Saúde e Assistência Social. Na Educação foram destinados R$ 2 milhões para readequação, reformas, ampliações e construções de Escolas Municipais, aquisição de equipamentos, materiais escolares e uniformes para os alunos da Educação infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental, transporte e alimentação escolar dos alunos.

Mais de R$ 3,7 Milhões irá para a pasta da Saúde. O montante será investido na contratação de clínicas para cirurgias emergenciais com o objetivo de zerar a fila de espera, bem como a contratação de motoristas, enfermeiro, dentista, auxiliar bucal, novos médicos, aquisição de equipamentos, medicamentos e material de consumo. E por fim, a Secretaria de Assistência Social investirá mais de R$ 271 mil na manutenção de programas sociais com pagamento de funcionários e aquisição de material permanente e de consumo.

INFRAESTRUTURA RURAL

O município possui mais de 3.700 km (três mil e setecentos quilômetros) de estradas rurais e mais de 1.480 propriedades rurais. Segundo o último senso do IBGE a população vigente se aproxima dos 15 mil habitantes, destes 53% ainda residentes no campo. Dessa forma, a município destinou R$ 3 Milhões, do montante do Superávit, para a recuperação, manutenção e conservação de estradas rurais. O objetivo é melhorar ainda mais a infraestrutura rural, propiciando condições para o transporte escolar, escoamento da produção agropecuária e leiteira do município.

INFRAESTRUTURA URBANA

O município de Candói vem passando por transformações no que diz respeito a infraestrutura urbana. Todo ano novas obras são planejadas e executadas, girando milhões em investimentos. Na sede do município, além das pavimentações asfálticas já realizadas em diversas ruas, o Bairro Santa Clara recebeu o maior investimento da história do município em saneamento básico com a implantação da Rede de Esgoto.

Na atualidade, novas redes de esgoto estão sendo implantadas. Mais de Meio Milhão de reais estão sendo investidos na implantação e padronização de calçadas no centro da cidade. Aproximadamente R$ 1,1 milhões de reais estão sendo executados em Pavimentação asfáltica com calçadas na principal avenida do município em frente a cooperativa Coamo.

Ainda, na gestão anterior do Prefeito Gelson Costa, a comunidade da Paz recebeu pavimentação asfáltica em 70 % de suas ruas e na comunidade da Cachoeira estão sendo concluídos mais de R$ 3,7 milhões em pavimentação asfáltica deixando o distrito totalmente asfaltado.

Com o objetivo de ampliar os investimentos na melhoria da infraestrutura urbana do município, deixando a cidade mais bonita e proporcionando uma melhor qualidade de vida à população, o governo municipal destino mais R$ 7,6 milhões de recursos livres do município, referente ao superávit de 2018, para novos projetos de pavimentações asfálticas.

Segundo a Secretaria de Planejamento, serão pavimentadas as Ruas Sebastião Mendes de Araújo, Parailho Machado, José Cavalcanti, Av. José Antunes Fabrício, frente ao Posto Panda e o alargamento e revitalização do Trevo de acesso à cidade. O trecho que liga a cooperativa Coamo à estação de tratamento da Sanepar na comunidade de corvo Banco II, bem como o distrito de Lagoa Seca, também, receberão a pavimentação asfáltica.

Além de todos estes investimentos foram destinados R$ 300 mil para a construção de uma nova quadra de grama sintética no Parque do Lago; R$ 635 mil para pagamento de precatórios; R$ 540 mil para reserva de folha de pagamento de funcionários públicos; e

R$ 1,1 milhão, aproximadamente, são recursos vinculados para a fiscalização e receita, vigilância sanitária e subsídios na coleta de lixo, como manutenção, aquisição de equipamentos e salários de servidores.

Fontes:

Secretaria de Planejamento

Secretaria de Finanças

Portal da Transparência