Após um intenso trabalho de investigação, policiais civis de Coronel Vivida e Pato Branco conseguiram elucidar a morte de Valcir de Chaves, 37 anos, que ocorreu no dia 10 de janeiro de 2014.

Na tarde de terça-feira (21), foram presos os dois suspeitos pelo crime, identificados como Valdeci Antonio Souza Trindade, 44 anos, e Dauri Farias, 59 anos. As prisões ocorreram em Pato Branco e Vitorino.

Conforme o delegado Rômulo Ventrella, que coordenou a investigação, os acusados e a vítima realizam um churrasco na noite do dia 07 de janeiro, quando houve um desentendimento e Valdeci desferiu dois golpes de faca contra Valcir, que ficou a noite toda agonizando.

No dia seguinte, os dois levaram Valcir até uma comunidade no interior onde foi abandonado e permaneceu por algumas horas até ser encontrado por populares. Ele foi encaminhado ao hospital em Pato Branco, mas morreu dois dias depois em virtude dos graves ferimentos.

Os acusados foram autuados por homicídio triplamente qualificado e permanecem a disposição da justiça na carceragem provisória da 5ª SDP (Subdivisão Policial), de Pato Branco.