Seis pessoas acusadas de integrar uma quadrilha que assaltou uma propriedade rural no interior de Mangueirinha no domingo (27), à noite, foram presas no interior de Marmeleiro, no sudoeste do Estado, na manhã desta segunda-feira (28).

Cleiton Junior Maciel, 18 anos, primeiro a ser preso. Foto: Evandro Artuzi/RBJ
  • Compartilhe no Facebook

Cleiton Junior Maciel, 18 anos, primeiro a ser preso. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Os acusados foram encontrados após horas de buscas feitas por equipes da Polícia Militar de Marmeleiro e Renascença, com apoio do Serviço Reservado (P2) e Rotam do 21º Batalhão de Francisco Beltrão, além da Rotam Canil do 3º Batalhão de Pato Branco. A procura pelos marginais começou por volta da meia noite, depois que os mesmos fugiram de uma abordagem policial em Renascença e abandonaram uma camionete S10, roubada em Mangueirinha, as margens da BR 280, próximo a comunidade de Rio Verde, em Flor da Serra do Sul. Desde então, os marginais eram procurados em um matagal, onde teriam ainda durante a madrugada atirado contra policiais militares.

Evandro de Lima, 22 anos; e Welsey Gois de Quadros Cellaris, 18 anos, acusados de tentar resgatar os foragidos. Foto: Polícia Militar
  • Compartilhe no Facebook

Evandro de Lima, 22 anos; e Welsey Gois de Quadros Cellaris, 18 anos, acusados de tentar resgatar os foragidos. Foto: Polícia Militar

No início da manhã um dos envolvidos foi encontrado pelo cão farejador da PM e acabou sendo preso. Identificado como Cleiton Junior Maciel, 18 anos, ele confessou ter participado do roubo e que mais três pessoas estavam em sua companhia da camionete abandonada. Durante a elaboração do boletim de ocorrência, Cleiton recebeu uma mensagem em seu celular.

O texto enviado por outro integrante da quadrilha, informava que dois rapazes estavam vindo de Palmas à Marmeleiro para resgatar os quatro. O carro suspeito foi abordado e os ocupantes, identificados como Evandro de Lima, 22 anos; e Welsey Gois de Quadros Cellaris, 18 anos, confessaram serem os responsáveis pelo resgate do grupo.

A partir da informação, a polícia montou uma estratégia de ação e pediu que um deles enviasse uma mensagem aos membros da quadrilha que iria apanha-los em determinado local. O plano foi executado e teve resultado bastante satisfatório, com a prisão de Luciano Schimbach Rossano, 25 anos; Luiz Fernando Lourenço, 27 anos; e Crisnaiara Sobis Caldas, 19 anos, todos residentes em Palmas. Os seis foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Marmeleiro para os procedimentos relacionados aos crimes que cometeram.

Carro que seria usado no resgate. Foto: Evandro Artuzi/RBJ
  • Compartilhe no Facebook

Carro que seria usado no resgate. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Conforme Capitão Rogério Pitz, do 21ª Batalhão, alguns já tem antecedentes criminais. Apesar da prisão, não foi possível localizar as armas usadas no assalto e também para atirar contra os policiais. Pitz acredita que elas tenham sido perdidas no meio do mato durante a fuga. Também não encontrado o Fiat Uno e os eletrodomésticos roubados na propriedade rural junto com a S 10. “Eles alegam que o Uno e os demais objetos ficaram com um membro da quadrilha em Palmas, por isso já acionamos as equipes daquela cidade para averiguar essa informação e, se possível, fazer a prisão do envolvidos e a recuperação do carro e dos objetos”, declarou. Quanto a camionete S10, segundo informaram os marginais, seria levada até a cidade de Guaíra, no oeste do Estado, para ser vendida no Paraguai.

Ouça reportagem Onda Sul FM…

Fotos: Evandro Artuzi – RBJ/Polícia Militar