A justiça da Comarca de Realeza condenou nesta quinta-feira (05), Cristiano Gonçalves, 26 anos, a 47 anos de homicídio, dois estupros e vilipendia a cadáver, onde foi vítima Danglhie Vieira de Andrade, 7 anos.

Os crimes ocorreram no dia 21 de janeiro de 2012, em Santa Izabel D´Oeste. Cristiano vai cumprir a pena na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, onde aguardou o julgamento.

O caso
No dia 21 de janeiro de 2012, Danglhie foi estuprada e morte por Cristiano Gonçalves, após ser raptada da casa de sua tia, por volta das 04 horas da madrugada. A menina foi levada pelo acusado até sua casa, na Rua dos Eucaliptos, Bairro Alto da Colina, em Santa Izabel D´Oeste.

Cristiano se aproveitou da amizade que tinha com a família e, quando a tia dormiu, levou a menina. Depois de cometer o abuso sexual, o acusado usou um travesseiro usou um travesseiro e matou a menina asfixiada. O corpo foi escondido para ser enterrado posteriormente, mas a polícia conseguiu encontrar no início da noite, no mesmo dia, quando Cristiano foi preso e confessou os crimes.

Na delegacia de Realeza, onde foi atuado em flagrante, o então acusado contou que estava morando em Santa Izabel há poucos dias. Antes residia em Joinvile (SC), mas como separou da mulher resolveu mudar de cidade para evitar qualquer tipo de confusão com a ex. Revelou ainda que tinha uma filha com a mesma idade de Danglhie.