Foi preso durante a madrugada desta sexta-feira (04) um dos envolvidos no latrocínio registrado em Coronel Vivida, em que foi vítima o empresário Evandro Cesar Dick, 45 anos, atingido na cabeça por um disparo de arma de fogo. O crime aconteceu nesta quinta-feira (03), por volta das 17 horas.

Eduardo da Silva foi encontrado no Bairro Gralha Azul, em Pato Branco, e já se preparava para fugir da cidade. O bandido estava embarcado em um Vectra, com placas de Curitiba, de propriedade de seu padrasto. Ele não confessou ter sido o autor do disparo, mas as evidências obtidas pela polícia comprovam a autoria.

Eduardo, conforme o delegado chefe da 5ª SDP, Getúlio de Moraes Vargas, enquanto adolescente teve passagens por latrocínio, tentativa de homicídio, adulteração de veículo, tráfico de drogas, entre outros delitos. A polícia segue com as diligências para localizar os demais envolvidos no crime. O carro utilizado para cometer o crime, um Peugeot preto, foi encontrado e apreendido pela polícia.

O comandante da 3ª Companhia de Polícia Militar, Capitão Vicente Carvalho Junior, comentou em entrevista à Rádio Onda Sul FM como a polícia conseguiu localizar o acusado.