Por Evandro Artuzi

Eduardo Leonildo da Silva, 25 anos, mais conhecido como “Maniaco do Parque”, acusado de assassinar de maneira brutal a adolescente Ana Maria Rosenes, 15 anos, em Chopinzinho, foi julgado nesta quinta-feira (26/07). O crime ocorreu no dia 27 de agosto de 2010, no Bairro Frei Vito, num loteamento. O júri aconteceu no Fórum da Comarca de Chopinzinho.

 

Na época do fato, o acusado trabalhava em um parque de diversões que havia se instalado na cidade e conheceu a vítima. Segundo apurado durante o inquérito policial, apesar de a adolescente ser casada, ambos iniciaram um relacionamento. Na noite do crime, dos dois teriam freqüentado uma lanchonete e, já na madrugada, foram até o loteamento, num local isolado onde o crime foi praticado.

 

O corpo foi encontrado dois dias depois, no dia 29 de agosto, um domingo, por uma pessoa que circulava pelo local. Eduardo foi preso no dia seguinte, negou a autoria do crime, mas a investigação policial obteve evidências que o apontavam como principal suspeito pelo homicídio. Desde a prisão, permaneceu aguardando julgamento na 5ª SDP de Pato Branco.

 

Eduardo foi condenado a seis anos de prisão no regime semi-aberto pelo crime de homicídio simples e um ano por ocultação do cadáver, já que tentou esconder o corpo que foi arrastado por cerca de 50 metros. A pena deve ser cumprida na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, adiantou o juiz Arthur César Cazella Jr, da Comarca de Chopinzinho, que presidiu o julgamento.