Edenilson Ramos de Jesus, 21 anos, acusado da morte de seu padrasto Valdomiro Pedroso Antunes, fato registrado em 17 de junho de 2018 na cidade de Mangueirinha, sudoeste do Paraná, foi absolvido em seu julgamento realizado nesta terça-feira (10).

Segundo o advogado de defesa, Junior Scapinello, Edenilson agiu em legitima defesa, uma vez que houve uma provocação por parte da vítima, o qual desferiu um golpe de foice em seu rosto e reagindo acabou acertando a cabeça de Valdomiro. O réu aguardava o julgamento em liberdade.

O júri teve início as 9 horas se estendendo até a 16 horas no Fórum da Comarca de Mangueirinha.