Uma ampla campanha está sendo desenvolvida em Francisco Beltrão, para promover o debate em torno do Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, celebrado hoje (18). O trabalho está sendo desenvolvido pelo Creas (Centro de Referência Especializada de Assistência Social).

As atividades estão em andamento desde o dia 9 de maio e prosseguem até o dia 24. Pela manhã uma atividade marcou a data no Calçadão Central. Das 09 horas até às 13 horas, a equipe do Creas orientou e distribuiu panfletos para as pessoas, na busca de ampliar os debates.

“Hoje completa 19 anos em que foi instituído o dia nacional de combate ao abuso e exploração sexual. A nossa proposta é informar a população quais a formas de enfrentar esse tipo de violência”. Comenta a Coordenadora do Creas, a Assistente Social, Sueza Odoni.

Quando uma criança ou jovem passa por uma situação dessas, alguns sinais são evidentes, segundo explica o Psicólogo, Cleverson Rio Branco, “alguns sinais são clássicos. Uma queda no rendimento escolar, irritabilidade, a criança ou adolescente pode voltar a sentir medo de algo já superado. São uma série de comportamentos que ela pode apresentar se alguma violação for constatada”.

Para denunciar a população pode ligar no “Disque 100”, o qual foi criado pela Secretaria de Direitos Humanos, onde atendem as denúncias e fazem os encaminhamentos. Outros meios são o Conselho Tutelar, telefone 3523-12-43, ou na delegacia da Polícia Civil.