A Sanepar informa que um acidente com um caminhão, registrado na manhã desta segunda feira (09) próximo de Flor da Serra do Sul, provocou o derrame de cerca de 500 litros do defensivo agrícola glifosato no Rio Verde, afluente do Rio Marrecas que abastece a cidade de Francisco Beltrão. Por orientação do Instituto Ambiental do Paraná e do Corpo de Bombeiros e com o objetivo de garantir a qualidade e a potabilidade da água, os processos de captação e produção de água do sistema de Francisco Beltrão estão paralisados, interrompendo o abastecimento em todas as regiões da cidade.

A distribuição da água vai continuar até que tenha água nos reservatórios. A operação só será retomada quando houver a liberação do manancial e a garantia de que não há resíduos do produto na água. Não há previsão para normalização do abastecimento.

Clientes que não possuem caixa-d’água domiciliar podem ficar desabastecidos temporariamente. A Sanepar lembra que, de acordo com norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter caixa-d’água com capacidade para atender as necessidades por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros.

A Sanepar pede a colaboração de todos e orienta para que a população utilize a água com racionalidade, evitando desperdícios.

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. Acompanhe mais informações pelo site da Sanepar www.sanepar.com.br