A Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb) trouxe, em parceria com a empresa de tickets de alimentação Cooper Card, um ciclo de palestras com o tema “Alimentação para uma vida melhor”. Começou quarta-feira, 8, nas empresas associadas Megasult, Bonetti Agro Nutri, Plastibel e Flessak. As palestras prosseguem em outras empresas associadas até esta sexta-feira, 10 de fevereiro.

Presente no mercado desde 2003, e conectada com as mais modernas tendências corporativas e mercadológicas, a Cooper Card é uma das administradoras de cartões melhor estruturadas do Brasil, atuando nos mais diversos segmentos empresariais.

Conforme o site da Cooper Card, “a empresa tem uma ampla rede credenciada, presente em mais de 1.000 cidades, nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais e Rio Grande do Norte.”  “Estamos fazendo esse trabalho [palestras] junto com os clientes associados da Acefb e que utilizam o cartão da Cooper. Abordamos a quantidade de açúcar nos alimentos, alimentação funcional e dicas de como usar melhor os alimentos”, explica Flávia.

No encerramento, Flávia promove atividades recreativas com os colaboradores das empresas. Uma delas é o ‘revelando mitos e verdades da alimentação. ’ “A alimentação funcional nada mais é do que saber usar melhor o alimento a favor da saúde, como a aveia e o tomate”, disse a nutricionista. “Pretendemos atender 60 empresas associadas da Acefb e de associações empresariais da região Sudoeste”, reforça Flávio Godinho, consultor comercial da Cooper Card.

Colaboradores da Megasult participam da palestra com Flávia Dário. Foto: Adriano Polla/Acefb
  • Compartilhe no Facebook

Colaboradores da Megasult participam da palestra com Flávia Dário. Foto: Adriano Polla/Acefb

Mais conscientes

Para Flávia Dário, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade dos alimentos que ingerem. “A alimentação é o assunto do momento, as pessoas querem mais conhecimento, querem se nutrir melhor porque querem uma qualidade de vida melhor. Em torno de 56% da população brasileira está acima do peso. Então é um assunto que deve ser falado. Até mesmo a nossa profissão de nutricionista tem tido lugar de destaque porque as pessoas estão mais conscientes do papel da alimentação na saúde. Tanto em clínicas, na reeducação nutricional, dentro de restaurantes, sem dúvidas é um mercado que vem crescendo para os nutricionistas”, conclui Flávia.