A abertura de novas empresas apresentou queda de 45,38% em Palmas, sul do Paraná, entre janeiro e outubro deste ano em relação a igual período do ano passado. Os dados da Junta Comercial do Paraná(Jucepar), apontam também redução de 46,88% na extinção de firmas. Os números não contemplam os Microempreendedores Individuais (MEI).

A unidade local – que em 2016 contabilizou 465 constituições empresariais – em 2017 procedeu apenas 254 registros com este fim. Em relação as extinções foram 320 contra 170 neste ano.

Outros dados apontam que foram protocolados neste ano 1961 documentos, um aumento de 53,32% e as alterações contratuais apresentam queda de 49%.

No Paraná o número de empresas abertas em 2017 cresceu 9,9% em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com a Jucepar, os procedimentos para abertura, alteração e fechamento de empresas ficou mais simples no Estado desde a implantação do sistema Empresa Fácil Paraná, que integra os sistemas de diferentes órgãos licenciadores e reguladores dos registros empresariais.

Desde o começo de novembro também funciona o serviço da Junta Digital, que permite que os contratos societários (para dar entrada nos processos de registro) sejam protocolados pelo sistema Empresa Fácil Paraná não sendo mais necessário a impressão e reconhecimento de firma de todos os sócios e a entrega presencial nos escritórios da Junta Comercial. O contrato precisa apenas da assinatura eletrônica dos sócios, que possui validade jurídica e garante a segurança dos procedimentos