O município de Abelardo Luz, no Oeste de Santa Catarina discutiu, na última semana, a implementação do programa estadual de regularização fundiária urbana(REURB). O objetivo é identificar e regularizar núcleos urbanos, bem como, assegurar a prestação de serviços públicos para melhorar as condições urbanísticas e ambientais.

  • Compartilhe no Facebook

Estiveram reunidos o prefeito, Wilamir Cavassini e suas assessorias e empresas estaduais de abastecimento de água e energia. No encontro também ainda os Promotores de Justiça, Lia Nara Dalmutt e Paulo Locatelli, que é o coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (CME).

Para o prefeito, Wilamir Cavassini, a regularização é um dos grandes desafios de solução para oferecer segurança jurídica aos proprietários dos imóveis, além de contribuir com o desenvolvimento do município.

Em Abelardo Luz são aproximadamente 300 famílias que dependem de regularização, sendo que os problemas mais antigos estão nos bairros São João Maria, Arthur Andreis, Vila Ceres e São Pedro, além das áreas industriais onde nenhum empresário tem a escritura do imóvel.