Por: Francione Pruch

Depois de meses na expectativa e de muito trabalho, a Coasul Cooperativa Agroindustrial do Sudoeste, inaugurou na presença de mais de três mil pessoas nesta sexta-feira (12) o seu abatedouro de aves. Em parceria com o BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) que destinou R$ 70 milhões para o abatedouro e a fábrica de rações, além de R$ 16 milhões para financiamentos de aviários dos integrados, num total de R$ 86 milhões. A cooperativa apresentou ao estado o projeto que custou mais de 150 milhões de reais. A Coasul atua em 20 municípios do sudoeste e centro-sul do Paraná e Oeste de Santa Catarina, tendo um quadro com mais de 4.400 cooperados.
Emocionado na hora do seu discurso, o Diretor Presidente da Coasul, Paulino Capelin Fachin, diz. “Apesar da experiência de 35 anos como presidente, um momento como esse, a emoção faz com que a gente não diga todas as palavras que gostaria de dizer no evento”. Fachin frisa. “É motivo de muito orgulho nós termos iniciado um grande projeto desses na agroindustrialização voltado à avicultura. Esse projeto trás benefício a todo o sudoeste, até porque a Coasul atua em 20 municípios da região”. Destaca Paulino.
Presente na cerimônia o Governador do Paraná, Orlando Pessuti, falou. “Obra fantástica para São João, para outros municípios da região sudoeste do Paraná, uma obra que vai alegrar a todos nós paranaenses e brasileiros. Aqui estará gerando empregos, renda, desenvolvimento para São João”.
O Prefeito de São João, Clóvis Cucoloto, destaca. “Vamos pegar o produto primário e fazer a transformação em proteína animal, a transformação que gera renda, gera economia. Isso que é importante para região não para o município. O município vai ganhar muito com isso sem sombra de dúvidas, mas com as divisões de empregos da Coasul todos vão ganhar”.