• Compartilhe no Facebook

Na tarde de domingo, dia 18, as equipes da ROTAM, ROCAM E RPA deslocaram até uma chácara onde ocorria uma festa clandestina, com grande número de pessoas ingerindo bebida alcoólica e fazendo uso de substâncias entorpecentes. No local, foi constatado que havia cerca de 200 pessoas, que desrespeitavam as regras de enfrentamento ao COVID-19, pois não faziam uso de máscaras e não observavam o distanciamento mínimo.

No momento em que foi dada voz de abordagem, dois indivíduos tentaram se evadir do local e arremessaram invólucros plásticos, mas foram alcançados e abordados. Durante busca pessoal, foram localizados diversas substâncias psicotrópicas ilícitas embaladas para venda, que os abordados tentaram dispensar com a chegada das equipes.

Ainda, durante busca pessoal nos frequentadores da festa, foi encontrado mais um invólucro plástico contendo ecstasy, que estavam nas vestes íntimas de uma mulher. Diante dos fatos, três foram presos em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas e três mulheres, promotoras do evento, foram encaminhadas para confecção de Termo Circunstanciado por Desobediência, Perigo de Contagio de Moléstia Grave e fornecer bebidas alcoólicas para menores de idade. Ao todo, foram apreendidos na Operação:

34 “balas” de ecstasy;
25 “pontos” de LSD;
80 gramas de maconha;
3 pessoas presas por Tráfico de Drogas;
3 pessoas conduzidas para Termo por desobediência e promover evento sem adoção de medidas de enfrentamento ao COVID-19.

 

Assessoria