• Compartilhe no Facebook
Com o comparecimento de quase 70% da comunidade escolar que envolve pais e professores do Colégio Estadual Beatriz Biavatti do Bairro Vila Nova, terminou ainda ontem (28), a votação que definiu a mudança para o modelo cívico-militar que será implantado a partir de 2021. A escolha pelo “sim” teve quase 90% de preferência.

 

No Colégio Vicente de Carli do Bairro São Miguel o comparecimento foi de apenas 40%, por isso o período de votação foi prorrogado até as 20h00 desta quinta-feira (29), para que a votação atinja 50% da comunidade escolar para então ser validada.

Alto índice de aprovação na região

Em outros municípios da região sudoeste onde foram escolhidos colégios para a mesma consulta houve alto índice de aprovação. Em Ampére no Colégio Cândido Portinari foram 60% dos votos com 90% aprovação; em Realeza no Colégio Dom Carlos Eduardo os números se repetiram com 60% de comparecimento e 90% de aprovação; e o grande destaque ficou para o Colégio Interventor Manoel Ribas de Santo Antônio do Sudoeste onde houve 92% de comparecimento de votantes e 99% de pais e professores optando pelo “sim”.

Para votar na consulta pública é necessário levar documento pessoal com foto, e é recomendado que cada pessoa leve a própria caneta. Pais ou responsáveis votam de acordo com o número de estudantes matriculados sob tutela na escola, ou seja, uma mãe com três filhos pode votar até três vezes.

Estão sob consulta da comunidade colégios em regiões com alto índice de vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar, conforme a legislação aprovada pela Assembleia Legislativa. As escolas também precisam estar em municípios com ao menos duas escolas estaduais na área urbana.